Lago de Itaipu 2017-07-07T14:55:36+00:00

Espelho d’água gigante com atrações e atividades o ano todo

Em 1982, quando o canal de desvio do Rio Paraná foi represado para formar o reservatório de Itaipu, criou-se um extenso lago na fronteira entre Brasil e Paraguai. Sua margem brasileira se estende por mais de 170 quilômetros ao norte, até as franjas do Parque Nacional de Ilha Grande, entre o Paraná e o Mato Grosso do Sul. É um espelho d’água de 1.350 km², área três vezes maior do que a Baía da Guanabara. Os 16 municípios brasileiros banhados pelo lago aproveitam sua vocação turística e oferecem atrativos que incluem esportes náuticos, diversões aquáticas, águas termais, praias artificiais, pesca, eventos esportivos e culturais, além de uma variada programação de festas regionais.

Praias artificiais e esportes

A cada verão milhares de moradores e visitantes desfrutam das praias artificiais em terminais turísticos de acesso público nos municípios de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Itaipulândia, Missal, Marechal Cândido Rondon e Santa Helena. Em Foz a relação do público com o lago é cada vez mais frequente, seja pela consolidação de passeios turísticos charmosos como o Kattamaram*, seja pelos frequentes eventos esportivos, como a travessia de 5 km de natação na etapa da Copa Brasil de Maratonas Aquáticas. Em Santa Helena está o maior dos terminais turísticos, com ampla estrutura de lazer de 86 hectares, praia, quiosques, bosque, atracadouros, restaurantes e área para camping.

Diversões aquáticas e quentinhas

Em Itaipulândia, a 70 quilômetros de Foz do Iguaçu, foi construído o maior conjunto de diversões molhadas da região, o Parque Aquático Termal Lago de Itaipu. Numa área de 260 mil m² espalham-se variados atrativos aquáticos, que têm uma diferença fundamental com relação aos parques congêneres: a água termal, captada do Aquífero Guarani a 42 graus centígrados, permanece numa temperatura média de 36 graus. São muitas as possibilidades de desfrutar dos banhos em água com propriedades terapêuticas, pH alcalino e rica em sais minerais. Entre outras atrações destacam-se a piscina de ondas, os enormes toboáguas Camicase, Queda Livre e Caracol, a montanha-russa aquática, o playground cênico, uma piscina coberta com 800 m², os bares molhados e os rios, lento e selvagem, para percorrer com boias infláveis. Funciona apenas aos sábados e domingos. Informe-se sobre os preços de ingressos no site:
Lago de Itaipu

0m
é a profundidade média do Lago de Itaipu, que chega a 170 metros nas imediações da barragem.
0
pequenas ilhas espalham-se pelo Lago de Itaipu; 44 ficam na margem brasileira.
0km²
A área do Lago de Itaipu. Três vezes maior do que a Baía da Guanabara.

Pesca esportiva e festas regionais

Tucunaré, corvina, barbado, traíra, dourado e piau são os peixes mais frequentes nas águas do lago, onde há centenas de pontos para pescaria. Os adeptos da pesca esportiva podem participar dos torneios que se realizam em vários municípios lindeiros durante quase todo o ano. Confira o calendário de provas no site da Adetur, abaixo. O site também traz informações sobre as atrações disponíveis e a programação de eventos, que incluem opções variadas de festas regionais. Muitas delas com fortes referências das culturas alemã, italiana e guarani.

As cidades à beira do lago

As organizações de turismo das cidades às margens do Lago de Itaipu são representadas pela Adetur Cataratas e Caminhos (Agência de Desenvolvimento da Região Turística Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu). Integram esse grupo os municípios de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu, Matelândia, Céu Azul, Itaipulândia, Missal, Diamante do Oeste, Santa Helena, São José das Palmeiras, Entre Rios do Oeste, Pato Bragado, Marechal Cândido Rondon, Mercedes, Terra Roxa e Guaíra, no Paraná; e Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul.

Voltar

Receba nossa Newsletter