Foz das Compras


 

As três cidades da tríplice fronteira — Foz do Iguaçu, Puerto Iguazú (Argentina) e Ciudad del Este (Paraguai) — formam um centro de compras gigantesco, talvez sem paralelo no mundo, pela diversidade, características e qualidade. Mas o primeiro ponto a se destacar é o artesanato regional.
 

Herança dos índios guaranis, mesclada à cultura dos povos que colonizaram a fronteira a partir da chegada do homem branco, o artesanato da região é vendido em casas especializadas e até nas ruas e feiras.
 

As peças vão de tapetes, bolsas, colares e redes até pedras preciosas e semipreciosas, além de objetos feitos de cerâmica, vidro, materiais recicláveis e couché.
 

Nas lojas especializadas em artesanato, também são encontradas réplicas, feitas em diversos materiais, de atrações da região, como a Usina de Itaipu, as Cataratas do Iguaçu e as Pontes da Amizade e Tancredo Neves.
 

Merece atenção especial o artesanato produzido pelo Ñandeva. É um programa de desenvolvimento do artesanato local, que, com o apoio da Itaipu, busca o fortalecimento de uma identidade trinacional na região de fronteira entre Argentina, Brasil e Paraguai.
 

Peças do Ñandeva são encontradas na loja que o programa mantém no Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu e na loja da Cooperativa de Artesãos do Oeste e Sudoeste do Paraná.

Artesanato e também suvenires estão à venda em outra loja montada no CRV de Itaipu e também no Parque Nacional do Iguaçu.
 

O turista encontra ali coleções exclusivas, tematizadas com desenhos que representam as belezas do parque. Parte da renda obtida com a venda dos suvenires, no Parque Nacional, é revertida para ações de proteção da biodiversidade local.


 

Comércio em Foz do Iguaçu

No comércio de Foz do Iguaçu, destaca-se o JL Shopping, um espaço de 61.000 m² distribuídos em três pavimentos, onde há mais de 140 lojas, quatro salas de cinema e até um supermercado.
 

O shopping se somou ao comércio tradicional da cidade, localizado principalmente na Avenida Brasil e em suas paralelas e transversais, onde o consumidor pode adquirir bons produtos de marcas brasileiras e internacionais.
 

No centro da cidade, algumas lojas se destacam. É o caso da Capoani, que representa grifes internacionais como Hugo Boss, Ermenegildo Zegna e Diesel, e nacionais como Forum e Zoomp.

Nas Modas Alice, confecções de prêt-à-porter e alta-costura. Para calçados e bolsas, boas opções são as lojas Keiko, Datelli e Calçados Rosa.
 

No centro de Foz, há ainda outras lojas que merecem ser citadas, como a Bambina moda feminina -, a Colcci, moda feminina, bolsas e acessórios —, o Sadi Magazin — moda masculina, e a Mariah Acessórios.


 

Comércio na Argentina

Em Puerto Iguazú, na Argentina, o forte do comércio são roupas e artigos de couro. Há boas lojas de roupas em geral e feirinhas onde se pode comprar azeitonas, azeites e queijos, produtos tradicionais do país.
 

Pouco antes da alfândega argentina, está o Duty Free Shop, que vende produtos das mais diversas procedências, como bebidas, roupas, acessórios, joias, brinquedos e perfumes.


 

Para os apreciadores de vinho, Puerto Iguazú tem lojas especializadas, que vendem produtos das melhores safras. Os vinhos argentinos têm uma relação custo-benefício muito boa, em comparação com vinhos de outros países.


 

Comércio em Ciudad del Este

Terceiro centro comercial mais movimentado do mundo, atrás apenas de Miami e Hong Kong, em Ciudad del Este os shopping centers e lojas ocupam a maior parte da área central da cidade, segunda maior do Paraguai.
 

O turista brasileiro pode adquirir, sem impostos, US$ 300 em compras no Paraguai. Se a compra superar este valor, haverá taxação sobre o excedente.

Parceria
FOZ DO IGUAÇU DESTINO DO MUNDO | Política de privacidade | Desenvolvido com Drupal 6.1 IMAM