Mabu inicia a construção do Blue Park

2017-08-16T21:27:04+00:00 14 agosto, 2017|

Novo parque aquático impulsiona o turismo termal em Foz do Iguaçu; Empreendimento deve ser inaugurado no próximo verão.

Foz do Iguaçu, conhecida pelas Cataratas do Iguaçu e outras atrações de lazer, foi escolhida pela Rede Mabu Hotéis e Resorts para a construção do Blue Park. O novo empreendimento transforma o Destino Iguaçu em um polo termal do Brasil.

A primeira etapa do empreendimento começou neste mês e deve estar concluída até a temporada de verão 2017/2018. O investimento do grupo terá 62 mil metros quadrados e será construído sobre a maior fonte de águas termais do mundo, o Aquífero Guarani. O projeto arquitetônico e paisagístico do Blue Park também é assinado pelo renomado arquiteto Carlos Mauad.

“É uma nova oportunidade que surge para a diversificação da oferta turística do Destino Iguaçu. O turista encontra em Foz do Iguaçu atrativos de qualidade, hotelaria e gastronomia impecáveis, opções variadas de compras e agora também as águas termais”, afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

Ondas termais
Entre as atrações do parque está a praia de ondas termais, uma das três maiores do mundo, com 11 mil metros quadrados de faixa de areia. As obras no local serão as primeiras a ocorrer dentro do plano de construção do Blue Park.

Além da extensa praia de ondas termais que terá nove tipos de ondas diferentes, chegando a impressionantes 1,20 m de altura, entre as atrações do Blue Park ainda estão o Wizzard, no qual quatro toboáguas interligados levam os visitantes a deslizar em tapetes em alta velocidade por um percurso de mais de 100 metros; o Flat Line, um tobogã único com uma descida radical de 17 metros e quase 70 metros de extensão; e o Aquaplay, um parque aquático exclusivo para as crianças, com taboáguas, escorregadores e muitos jatos d’água.

Segundo o diretor de infraestrutura do Mabu Thermas Grand Resort e responsável pela implantação do Blue Park, Edson Itiro Tsuzaki, os primeiros brinquedos serão instalados no início de 2018. “O que diferencia a construção de um parque aquático é a implantação. Primeiramente é feita toda a infraestrutura para receber, por último, os brinquedos – que chegam ao Brasil em outubro de 2017”, explica.

Movimento de turistas
Com capacidade, nessa primeira fase, para até 4 mil pessoas diariamente, para o Blue Park representa não somente uma nova opção de lazer em Foz do Iguaçu, mas uma atração que colabora na movimentação expressiva de turistas e da economia da cidade.

“Além dos hóspedes do Mabu Thermas e dos clientes do My Mabu, o Blue Park vai atender moradores de cidades próximas e também visitantes de todas as partes do País e do mundo. Isso nos motiva, pois o empreendimento vai estimular todos os setores envolvidos”, afirma o diretor-executivo da Rede Mabu, Wellington Estruquel.

A segunda fase da construção deve ocorrer em 2020. Ainda estão previstos Aqualoop, com looping radical e rio lento adulto e infantil, entre outras atrações.

Apartamentos
O parque aquático soma-se a outro investimento do grupo. Trata-se do My Mabu, empreendimento de propriedade compartilhada que também será construído no extenso complexo de mais de 300 mil m² do Mabu Thermas Grand Resort. A previsão da entrega dos apartamentos My Mabu é em 2019. Ao todo, o My Mabu terá 420 apartamentos. (Com assessoria)

Deixe seu Comentário